Projeto leva leitura para 250 crianças em Fernando de Noronha

Cantos de Leitura
Biblioteca do projeto Cantos de Leitura em Pouso Alegre/MG. Foto: divulgação

O uso da biblioteca irá respeitar protocolos de cuidados com a saúde para incentivar o gosto pela leitura.

Cerca de 250 alunos de até cinco anos da Instituição de Educação Infantil Bem me Quer, na Vila do Trinta, em Fernando de Noronha serão beneficiados com um projeto de leitura, através de uma biblioteca comunitária.

Com um acervo de cerca de 1200 livros novos, a partir de 4 de novembro os estudantes poderão aproveitar o espaço, que faz parte do projeto Cantos de Leitura, é uma realização da Rede Educare, com patrocínio da Ball, via Lei de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura.

“Além do espaço colorido e amigável, o projeto propõe a formação e acompanhamento de mediadores de leitura – profissionais que contarão histórias para os estudantes. Fernando de Noronha é um dos lugares mais lindos do mundo e já é uma ilha de leitores: a nossa biblioteca vem então para ampliar acervos e levar mais de mil aventuras literárias para as crianças e suas famílias”, comemora Kátia Brasileiro, diretora da Rede Educare.

O uso da biblioteca irá respeitar protocolos de cuidados com a saúde: a sala estará aberta apenas para crianças que estejam em aulas e a entrada só é permitida com aferição de temperatura, aplicação de álcool em gel e uso de máscaras.

E como projetos bons de verdade devemos divulgar, vale ressaltar que essa é a 13ª biblioteca inaugurada pela Ball.

“Produzimos a embalagem mais sustentável da cadeia de bebidas, as latinhas de alumínio, e temos o objetivo de formar consumidores mais conscientes. Por isso, esse projeto é tão importante. Sabemos que a leitura transformará a vida dessas crianças e que, por consequência, elas levarão esse hábito também para seus familiares, formando uma grande rede de cidadãos mais críticos, informados e cada vez mais engajados com o futuro do nosso planeta”, explica Thaís Moraes, Diretora de Comunicação da Ball América do Sul.

Incentivo a leitura no Brasil

Este projeto é de grande importância em um país em que o número de leitores cai a cada dia, como mostrou a pesquisa “Retratos da leitura no Brasil”, realizada pelo Instituto Pró-Livro em parceria com o Itaú Cultural.

O estudo ressaltou uma triste realidade: o Brasil perdeu cerca de 4,6 milhões de leitores entre 2015 e 2019. Os dados ainda apontam que apenas 52% dos brasileiros, pouco mais da metade da população, têm o hábito de ler.

Mas nem tudo vai mal. A mesma pesquisa mostrou que entre os brasileiros o número de leitores de 5 e 10 anos cresce durante a pandemia

Veja também:

Acompanhe as notícias do Maternidade Moderna também nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui