Ministério da Saúde inclui gestantes e puérperas entram no grupo de risco para a covid-19

Recém-nascido
Imagem de Iuliia Bondarenko por Pixabay

A inclusão aconteceu após o MS entender as gestantes e as puérperas são mais vulneráveis a infecções, como o covid-19.

O Ministério da Saúde – MS, incluiu as gestantes e as puérperas no grupo mais suscetíveis aos efeitos da covid-19. A inclusão aconteceu após o MS entender este grupo é formado por mulheres mais vulneráveis a infecções.

De acordo com a nota divulgada pelo MS, estudos científicos apontam que a fisiopatologia do vírus H1N1 pode apresentar letalidade nesses grupos associados à história clínica de comorbidades dessas mulheres. É por isso que elas estão nos grupos de risco do vírus da gripe, por exemplo.

Sendo assim, para a infecção pelo Covid-19, o risco é semelhante pelos mesmos motivos fisiológicos, embora ainda não tenha estudo específico conclusivo.

Antes, apenas gestação de alto risco era considerada condição clínica preocupante para desenvolvimento de complicações e casos graves da doença.

Cuidados

O Ministério da Saúde afirma ainda cuidados com gestantes e puérperas devem ser rigorosos e contínuos, independentemente do histórico clínico das pacientes.

Se a gestante apresentar sintomas como febre, tosse ou dificuldade para respirar devem entrar em contato com seu obstetra, que irá orientar se há necessidade ou não de buscar o pronto atendimento hospitalar.

Já as puérperas devem restringir as visitas aos bebês para sua própria proteção e também para proteção do recém-nascido. Também é recomendável a higienização das mãos pela mãe antes e após os cuidados com o bebê.

Veja mais sobre os cuidados com as gestantes nesta matéria: Coronavírus: entenda quais são os riscos para as gestantes.

Saiba mais

O Ministério da Saúde divulga atualizações sobre casos suspeitos que estão sendo investigados no país.

Disponibilizou, inclusive, um site com informações sobre Boletins Epidemiológicos, listagem dos hospitais referenciados, Plano de Contingência por Estado e publicações para profissionais de saúde com os protocolos de manejo clínico, procedimento operacional padronizado e fluxo de atendimento na APS para o COVID-19.

 O site do Ministério da Saúde pode ser acessado neste link.

Acompanhe também as notícias do Maternidade Moderna no Facebook e no Instagram.

Voltar a página inicial.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui