Metade dos brasileiros conhecem alguém infectado pela Covid-19

Covid-19
Imagem de Tumisu por Pixabay

Devido ao crescimento de casos e óbitos devido a Covid-19, muitos estados estão prorrogando o isolamento social.

Metade dos brasileiros já conhecem alguém que teve ou tem Covid-19, conforme uma pesquisa do Trocando Fraldas. Em quatro semanas esse percentual subiu de 42%, conforme nosso estudo anterior, para 50%.

Com o crescimento do número de casos positivos e óbitos, (até o fechamento desta matéria são 1.448.753 casos positivos e 60.632 mortes), muitos estados estão prorrogando o isolamento social, e até mesmo voltando atrás em medidas adotadas para flexibilização da quarentena.

Isolamento

A população que antes era a favor da retomada da economia, têm mudado de ideia. E por isso 65% dos brasileiros não concordam com a reabertura do país.

Sendo que no estudo anterior, mais da metade, 54%, desejavam a reabertura da economia o quanto antes.

Em São Paulo, estado mais afetado pelo vírus, e no Rio de Janeiro, segundo estado mais afetado, 63% da população é contra a reabertura do país.

Já no Ceará e no Pará, estados que também estão entre os mais afetados, pelo menos 61% dos participantes é contra a reabertura. O estado mais favorável à reabertura do país é o Tocantins, com 52% dos entrevistados a favor.

Luto e a falta de rotina trazidos pelo Covid-19

Muitas pessoas têm sentido luto pela perda de vidas causada pela Covid-19. A pandemia da doença do coronavírus mudou para sempre a vida de todos.

A Mayo Clinic, que trabalha com educação e pesquisa, e com fornecer compaixão, conhecimento e respostas a todos que precisam de cura, sugere algumas ações para ajudar a lidar com essa situação. Confira:

Entendendo o luto causado pela pandemia do coronavírus

Por que a perda da rotina é tão desoladora? Você pode não perceber, mas você não se apega somente a outras pessoas. Você também provavelmente sente fortes vínculos com seu trabalho e com certos lugares e coisas.

A experiência de perder esses vínculos, porém, não é tão bem definida quanto algumas perdas. E finais inesperados podem causar emoções intensas. Isso pode tornar difícil lidar com o que aconteceu e seguir em frente.

Você talvez também sinta que mudanças trazidas pela pandemia estão afetando seu senso de identidade. Por exemplo, se sua identidade é ligada estreitamente com seu emprego, perdê-lo pode provocar uma crise de identidade.

Sinais e sintomas de luto

Luto pode fazer com que você se sinta entorpecido ou vazio, com raiva, ou incapaz de sentir alegria ou tristeza. Você também pode ter sintomas físicos, como problemas para dormir ou comer, fadiga excessiva, fraqueza muscular ou tremores. Você pode ter pesadelos ou retirar-se socialmente.

Lembre-se, porém, de que o luto pode ter efeitos positivos também. Você pode se sentir grato por pessoas corajosas e atenciosas em sua comunidade.

Também pode encontrar uma nova apreciação por seus relacionamentos e ter desejo de ajudar outros que estão passando por perdas similares.

Lidando com o luto do Covid-19

O luto ajuda você a reconhecer que passou por uma perda e que precisará se adaptar.

Para lidar com o luto:

Preste atenção nos seus sentimentos: cite o que você perdeu durante a pandemia. Talvez ajude escrever isso em um diário. Permita-se sentir tristeza ou chorar.

Pense nas suas forças e habilidades de superação: como elas podem te ajudar a seguir em frente? Pense em outras transições difíceis pelas quais você passou, como uma troca anterior de emprego ou um divórcio. O que você fez que o ajudou a se recuperar?

Mantenha-se conectado: não permita que o distanciamento social o impeça de conseguir o apoio de que você precisa. Use ligações, mensagens de texto, chamadas por vídeo e mídias sociais para manter contato com seus familiares e amigos que são positivos e encorajadores. Procure aqueles que estão em situações similares. Animais de estimação também podem fornecer apoio emocional.

Crie uma rotina adaptada: isso pode ajudar a preservar um senso de ordem e propósito, apesar do quanto as coisas podem ter mudado. Além do trabalho ou estudo remotos, inclua atividades que possam ajudá-lo a lidar com a situação, como exercício, prática religiosa ou passatempos. Mantenha um horário regular para ir dormir e tente manter uma dieta saudável.

Limite a quantidade de notícias que você vê: passar tempo demais lendo ou escutando notícias sobre a pandemia da COVID-19 pode fazer com que você foque demais naquilo que perdeu, além de aumentar a ansiedade.

Lembre-se da jornada: se você perdeu seu trabalho, no deixe que o jeito com que acabou definir a experiência toda. Pense em algumas de suas memórias boas e no panorama geral.

Conforme você se ajustar a uma nova realidade e focar nas coisas que pode controlar, seus sentimentos de luto irão diminuir.

Se você está tendo problemas em lidar com seu luto causado pelas mudanças decorrentes da pandemia, considere procurar ajuda de um profissional de saúde mental.

Veja também:

Acompanhe as notícias do Maternidade Moderna também nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui