Escritora lança site com histórias contadas pela avó

Histórias que minha avó contava
Foto: ilustrativa

Além do site, as histórias contadas pela avó irão virar livros.

Histórias infantis sempre nos trazem memórias afetivas deliciosas. Seja avó, tio, pai ou mãe, alguém na família sempre é o contador de histórias oficial.

Para a escritora de livros infantis, Maria Cecília de Lima, essa pessoa era a sua avó Conceição. E para homenageá-la ela criou o site Histórias que Minha Avó Contava (historiasqueminhavocontava.com).

No site estão todos os contos narrados por sua avó Conceição, na aba “histórias de vó”. E ainda há divisão do conteúdo por “contos de fadas”; “´fabulas”; “contos indígenas”; “contos africanos”; “contos assustadores”; e” demais histórias”. Um rico material para você se deliciar com seus pequenos.

Inspiração

Maria Cecília conta que avó nasceu em um sítio de uma cidade muito pequena de Minas Gerais. Sem energia elétrica, televisão ou qualquer outra diversão, as distrações eram as conversas em volta do fogão a lenha, as festas de santos e as quermesses da igreja.

Dessa vivência, calcada na cultura oral, nasceram as histórias apresentadas no site. Inspirações da cultura europeia, indígena e africana se juntam e dão vida a uma variedade de narrativas que bebem das diversas fontes que formaram a vida de Conceição e também a do país em que vivemos.

Do mundo online para o impresso

E as histórias da avó Conceição migraram no mundo online para o formato impresso, é a série “Histórias que minha avó contava”.

O primeiro volume da coleção, “Joãozinho e a Maça”, escrito por Maria Cecília Lima, mostra a saga de um jovem plebeu de bom coração, que passa por grandes apuros, – incluindo arrancar fios de cabelo de um horripilante ogro – para se casar com a princesa Sophia, a mulher que ama.

Veja também:

Acompanhe as notícias do Maternidade Moderna também nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui