Entenda como são os exames para diagnosticar a Covid-19

Covid-19
Imagem de fernando zhiminaicela por Pixabay.

Os exames são recomendados quando há a presença dos sintomas clínicos ou quando houve contato próximo com um caso confirmado nos últimos sete dias.

Desde que a pandemia, causada pelo coronavírus, começou, muito se ouve sobre os exames necessários para diagnosticar o coronavírus.

As características clínicas desse novo vírus não são específicas e são similares às causadas por vírus respiratórios já existentes, como a influenza, parainfluenza, rinovírus, vírus sincicial respiratório e o adenovírus.

Mas o diagnóstico para confirmar a doença é realizado a partir de exames clínicos e laboratoriais, como explicam as professoras Drª. Fernanda Teixeira Borges, coordenadora do curso de Biomedicina da Universidade Cruzeiro do Sul e Mª. Thais de Souza Lima, docente do curdo de Biomedicina da Instituição.

“Febre, tosse, coriza e uma sensação de cansaço, são os sintomas clínicos. Já os laboratoriais são realizados pela pesquisa de material genético do vírus (RNA) ou a detecção de anticorpos em material biológico. Com isso, é possível diagnosticarmos a doença”, avalia Fernanda.

os testes moleculares devem ser realizados até o sétimo dia da infecção e os testes sorológicos, após pelo menos dez dias, em tempo de o organismo produzir os primeiros anticorpos.

“Não existe nenhum tipo de preparo para a coleta das secreções das vias respiratórias e os exames sorológicos não requerem jejum prévio. A escolha do teste diagnóstico mais adequado deve estar relacionado com o tempo de manifestação dos sintomas”, enfatiza Fernanda.

O teste que detecta o material genético (RT-PCR), coletados com haste flexível, consiste em três etapas e são de alta sensibilidade e especificidade (100%), ou seja, detectam o coronavírus e sinalizam positivamente mesmo na presença de poucos vírus.

“Entre os exames que detectam anticorpos, a sensibilidade e especificidade variam entre os fabricantes. Em geral, a sensibilidade dos testes é superior a 85% e a especificidade, superior a 94%”, avalia a professora Thaís.

Já os exames sorológicos para Covid-19 são responsáveis por detectar anticorpos produzidos pelo sistema de defesa em resposta ao vírus. Para isso, o sangue é obtido pela punção na polpa do dedo ou pela coleta de sangue venoso, exatamente como nos exames convencionais.

Mas é importante ressaltar que os exames acima referidos, são recomendados quando há a presença dos sintomas clínicos ou quando houve contato próximo ou domiciliar com um caso confirmado nos últimos sete dias.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui