Economia: 52% das mães perderam renda durante a quarentena

Mães na quarentena
Imagem: Freepik

De repente todo mundo precisou ficar em casa
e isso impactou e muito a vida profissional
das mães na quarentena.

A rotina das mães que trabalham foram nunca foi fácil. Na maioria esmagadora dos casos a mulher tem jornada tripla: trabalhar fora, cuidar da casa e ainda ser mãe em tempo integral.

E o isolamento social causado pela pandemia do coronavírus veio para deixar a maternidade ainda mais difícil, acrescentando o trabalho de home office à equação.

De repente todo mundo precisou ficar em casa e isso impactou e muito a vida profissional das mães brasileiras. Cerca de 52% das mães com filhos pequenos perderam renda, de forma direta ou indireta, durante o período.

A informação é de um estudo feito pela Famivita. A pesquisa foi feita com 7.500 mulheres, entre os dias 27 e 28 de julho.

Além da redução da renda, o estudo também constatou que 39% das mães perderam seus empregos durante a pandemia, incluindo as trabalhadoras informais.

As grávidas também estão sofrendo com a crise, e 34% delas perderam seus empregos, desde que a pandemia começou.

Até mesmo mulheres que não trabalhavam antes, acabaram perdendo renda de forma indireta, com a perda por parte de membros da família. E, outro ponto a ser considerado, é que até mesmo as participantes que ainda possuem emprego, acabaram perdendo renda.

Mães e o auxílio emergencial

Somente 46% da população brasileira recebeu ou recebe o auxílio emergencial, benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, e tem por objetivo fornecer proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.

Outro estudo da Famivita mostrou que apenas que 57% das mães com filhos pequenos receberam ou recebem a ajuda do governo federal.

Estudos

Mas mãe que é mãe nunca deixa se abater e diante das dificuldades levanta a poeira e corre atrás, para não faltar nada para suas crias.

Uma opção é investir em cursos online gratuitos, oferecidos por várias instituições de ensino neste período de quarentena.

Fique atenta que o Maternidade Moderna vai preparar uma reportagem completa sobre o assunto.

Veja também:

Acompanhe as notícias do Maternidade Moderna também nas redes sociais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui