Economia na conta de energia: conheça hábitos para adotar já!

Economia na conta de energia
Economia na conta de energia: conheça alternativas que contribuem com o seu bolso. Foto: Pixabay

Em tempos de bandeira vermelha, confira alternativas para contribuir com a economia na conta de energia

Em junho começou a valer a bandeira vermelha nas contas de luz, considerada a mais cara das tarifas extras. E aí surge a dúvida: como conseguir uma economia na conta de energia?

Com a pandemia e as férias escolares, as pessoas tendem a passar ainda mais tempo em casa. Consequentemente, isso aumenta o consumo de energia. E isso pesa no bolso!

Para evitar um aumento brusco na conta, o ideal é usar a energia de forma consciente e evitar qualquer tipo de desperdício.

Além disso, vale a pena apostar em alguns novos hábitos para economizar.

Kirla Vieira, coordenadora de mercado de iluminação da Telhanorte, explica detalhadamente cada dica que serve tanto para economizar energia quanto para explorar melhor a iluminação da casa. Confira:

Dicas

Economia na conta de energia pode ser alcançada com novos hábitos. Imagem: Pixabay

Lâmpada mais econômica

Outra dica é trocar as lâmpadas incandescentes por fluorescentes ou LED, que consomem de 60% a 80% menos energia.

As lâmpadas incandescentes transformam a energia em luz e calor. Traduzindo isso em números, 95% da energia transforma-se em calor e apenas 5% em luz.

Já as lâmpadas fluorescentes e de LED têm uma eficiência luminosa maior, vida útil mais longa e redução do consumo de energia, uma vez que não geram calor;

Iluminação portátil e sensorial

Luminárias e abajures são uma boa alternativa para evitar manter as luzes da casa todas acesas.

Nos corredores ou nas escadas, onde há uma rápida circulação de pessoas, é possível instalar sensores de presença embutidos nas lâmpadas, por exemplo;

Cores claras

Quanto mais clara for a cor das paredes e tetos, menos iluminação elétrica será utilizada.

Afinal, tons como branco, off-white e nude tendem a refletir melhor a luminosidade, seja artificial ou natural.

Ou seja, essa é uma ótima ‘desculpa’ para tirar aquele projetinho do papel e fazer uma reforma rápida.

Com pouco investimento, é possível dar uma nova cara à sua casa e apostar na economia;

Iluminação natural

Nada como a luz do dia para clarear os ambientes. “Portanto, a dica é manter as janelas e cortinas abertas o máximo possível para diminuir o uso das lâmpadas, minimizando os futuros gastos”, avisa Kirla.

Estas alternativas podem ser utilizadas como iluminação pontual, principalmente em ambientes integrados, reforça a profissional.

Além dessas dicas, vale sempre lembrar dos “conselhos” dos nossos pais na hora de economizar. Inclusive, vale repetir todas elas para nossos filhos:

– Apague a luz sempre que sair do cômodo;
– Confira se a porta da geladeira/freezer está fechando corretamente;
– Banhos não precisam demorar meia hora!

Reúna a família e repasse essas dicas. Afinal, para economizar, vale a pena alguns “sacrifícios”, certo?

Siga o Maternidade Moderna também nas redes sociais

Se você encontrou alguma imagem ou texto em que os direitos autorais não foram creditados, por favor, entre em contato conosco para efetuarmos a correção.

Veja também

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui