Cuidados na gestação: posso usar química nos cabelos?

Formação do bebê
Ingredientes dos cosméticos pode afetar o Dragana Gordicdesenvolvimento do bebê. Foto

Será verdade que substâncias químicas dos cosméticos usadas nos cabelos afetam o desenvolvimento do bebê?

A vaidade acompanha a mulher desde que o mundo é mundo! Prova disso é a infinidade de produtos disponíveis no mercado brasileiro, que o quarto maior consumidor do mundo em cosméticos  para cabelos e pele, perfumes e produtos para higiene bucal, de acordo com o Euromonitor.

Mas tudo muda na gravidez! O maior medo das futuras mamães é que os produtos químicos usados em tratamentos capilares afetem o crescimento e desenvolvimento dos bebês. E esta preocupação é muito válida, entenda porquê.

Durante o primeiro trimestre da gestação não é recomendado que a grávida faça luzes ou pinte o cabelo, pois não há estudos que indiquem ser seguro usar tinturas durante a gestação.

Os produtos químicos podem ser absorvidos no contato com o couro cabeludo e levados à circulação sanguínea da mãe, sendo tóxicos e prejudicais ao feto, já que muitas destas substâncias são compostas por amônia e metais pesados.

E alisamento dos fios? Alisamento capilar com formol e amônia está totalmente fora de cogitação.

O formol está proibido pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária – Anvisa, e não pode ser mais usado em cosméticos. Ele é altamente tóxico, podendo atrapalhar o desenvolvimento do bebê, causando má formação, baixo de peso, entre outras anomalias.

“O uso do formol e seus derivados pode estar mascarado por diferentes nomes: escovas inteligente, marroquina, egípcia, de chocolate, selagem, “botox” capilar, entre outras. Por isso fique atento ao cheiro forte do produto”, alerta a dermatologista Dra. Regislaine Miquelin, que tem Título da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica. 

Gravidez requer cuidados e atenção especial à saúde da mãe e do bebê. Os cuidados começam com uma boa alimentação, atividades físicas (se possível) e um bom acompanhamento de pré-natal.

Não estamos dizendo que você não pode cuidar do seu visual, mas antes de qualquer procedimento consulte seu obstetra e avalie o melhor momento e o que você pode fazer para garantir a sua saúde e a do seu bebê.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui