Conheça a disciplina positiva e saiba como o método pode te ajudar

Filhos
Foto: Blake Barlow

Os pais também se beneficiam com a disciplina positiva

A educação e disciplina começam em casa! Com certeza você já ouviu esta expressão milhares de vezes. Mas já parou para pensar que a frase está 100% correta?

Apesar de estar a cargo dos pais educar os filhos, muitos se sentem perdidos nesta tarefa, sem saber como e quando impor limites. Também não sabem se estão estimulando ou mimando os pequenos.

Num mundo onde tudo é muito rápido, graças à internet, o excesso de informações acaba confundindo os pais, sejam de primeira viagem ou não.

Existem muito métodos de educar e um deles que vem ganhando corpo no Brasil é a Disciplina Positiva. Muitas famosas aderiram esse tipo de criação, onde a inteligência emocional é fundamental para auxiliar e estimular o desenvolvimento da criança respeitando a sua integridade.

O método se baseia no respeito mútuo e no desenvolvimento de importantes habilidades de vida de longo prazo.

“Precisamos aprender a andar no caminho do meio, a sermos firmes e gentis ao mesmo tempo, nem autoritários demais e nem permissivos demais. Firmes porque vamos respeitar a nós mesmos e gentis porque vamos respeitar e validar os sentimentos da nossa criança. A disciplina positiva tem como objetivo educar crianças e adolescentes para se tornarem pessoas capazes, responsáveis, com boa autoestima, resilientes e com capacidade de solucionarem seus problemas”, explica a Educadora Parental Telma Abrahão

A Disciplina Positiva normalmente é buscada por pais que estão passando por desafios comportamentais dos filhos e já não sabem mais como agir. Eles chegam num ponto que punir e castigar não resolve o problema.

Mas é importante ressaltar que a Disciplina Positiva beneficia todas as relações humanas, não apenas as relações entre pais e filhos, mas as relações conjugais, de trabalho, de amizade, pois todos os seres humanos desejam se sentir respeitados e emocionalmente conectados ao meio em que vivem.

O principal diferencial do método é que trata as crianças de uma forma que as encoraja a acreditarem em si mesmas, ajuda-as a desenvolverem a responsabilidade e o desejo de contribuir em casa, na família e na escola.

Além de aumentar a conexão emocional entre pais e filhos, estabelecer limites e regras claras. Tudo sempre forma respeitosa, considerando o que a criança pensa e sente a seu próprio respeito.

O fundamental é mudar a forma como os pais tratam os filhos. Bater, punir, castigar, ameaçar não fazem parte do conjunto de ferramentas que utilizados na Disciplina Positiva. O grande desafio para os pais está em “desaprender” essa forma autoritária de educar e aprender a fazer diferente.

“Eu diria, que os impactos são extremamente positivos, porque quando os pais conseguem se auto controlar, quando dedicam tempo de qualidade para suas crianças, quando começam a considerar o que o filho pensa, fala, quando começa a fazer combinados, a focar em soluções para os problemas em vez de punir e principalmente quando começam a respeitar os sentimentos da criança, os resultados positivos no comportamento delas aparecem rapidamente e isso eh transformador para a família toda”, ressalta Telma.

De acordo com a especialista, a maioria das lutas de poder entre pais e filhos vem dessa necessidade dos pais de desejarem ter sempre razão, de dar ordens sem considerar que a criança também é um ser humano e merece ser tratada como tal.

Quando mais cedo os pais adotarem este novo tipo de comportamento melhor. Pois é na primeira infância que se estabelecem as crenças sobre o nosso próprio valor. Os pequenos começam a se perguntar: “Eu sou uma criança boa? Meus pais me amam? Eu gosto de mim? As pessoas gostam de mim?”

“É fundamental dizer que uma educação respeitosa só é possível através da reeducação emocional dos pais. Quando mudamos, nossos filhos também mudam, pois eles são como espelhos que refletem o tempo os nossos próprios comportamentos e desafios. Sejamos um bom exemplo a ser seguido”, conclui Telma.

Acompanhe também as notícias do Maternidade Moderna no Facebook e no Instagram.

Voltar a página inicial.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui